• HOME Notícias
  • Oferta agrícola gera tensão em países da UE

    IMPRIMIR

    21.11.2017

    Por Assis Moreira | De Genebra

    A Comissão Europeia sugeriu aos países-membros que mantenham a calma, em meio a rumores de que Bruxelas ofereceria ao Mercosul uma cota para entrada de carne bovina de 100 mil a 130 mil toneladas, em vez das 70 mil toneladas rejeitadas recentemente. A negociadora da UE para o Mercosul, Sandra Gallina, teria sugerido, em reunião na sexta-feira, aos países '' stay calm'' (manter a calma), porque a oferta agrícola para o Mercosul continua a ser discutida internamente.

    Porta-voz de comércio da UE disse ao Valor que a Comissão Europeia "está plenamente consciente das sensibilidades de alguns setores agrícolas da UE e isso foi claramente explicado aos nossos parceiros do Mercosul em várias ocasiões". Segundo o porta-voz, um futuro acordo comercial UE-Mercosul levará plenamente em conta essas sensibilidades. "Produtos como a carne de bovino ou o etanol não serão totalmente liberalizados, mas só terão acesso através de contingentes tarifários cuidadosamente calibrados'', afirmou.

    Fonte Internet: Valor Econômico, 21/11/17